"Bem-vindo"
A série de Fairy Tail gira em torno das aventuras dos personagens centrais: Natsu Dragneel, Lucy Heartfilia, Gray Fullbuster , Erza Scarlet, Happy e recentemente tendo Juvia Lockser, Gajeel Redfox e depois Wendy Marvell e os exceeds Charlie e Phanterlily como coadjuvantes. Lucy Heartfilia é uma jovem maga de 17 anos que deseja evoluir e tornar-se uma grande maga. Para isso, ela terá que entrar em uma guilda de magos, para ganhar dinheiro, sobreviver e também aprimorar suas habilidades. Ela chega até a cidade de Hargeon, onde Natsu Dragneel e Happy desembarcam para procurar Igneel, o dragão que criou Natsu como se fosse um filho, e que um dia, repentinamente, sumiu. Lucy, encontra Natsu e Happy ocasionalmente, após envolverem-se com o perigoso criminoso Bora que tenta transformar Lucy em sua escrava. Após salvar a maga, Natsu, que é integrante de uma das mais famosas guildas, a Fairy Tail, convida a garota a juntar-se a guilda. Assim, Lucy ingressa na Fairy Tail, onde começa a viver todo tipo de missão perigosa junto com Natsu e Happy. A história se passa em um universo conhecido como Mundo Mágico, uma terra onde a magia é usada em larga escala e os magos gozam de um alto status. Para organizar e facilitar a vida dos magos, surgem as guildas, organizações controladas pelo Conselho que, por sua vez, é controlado pelo Governo. Uma guilda funciona como uma "agência de empregos temporários": um cliente encomenda um serviço, um mago (sozinho ou em equipes) aceita a tarefa e caso seja completado com sucesso, há uma recompensa que varia de acordo com a periculosidade e grau de dificuldade da "missão". Contudo, assim como existem guildas "pacíficas" como a Fairy Tail, também existem guildas das "trevas", de mercenários, com fins e objetivos obscuros.

Atual Saga do mangá. Depois de 7 Anos, a Fairy Tail esta na última posição no ranking das Guildas, e atualmente a número 1 é a SaberTooth, que possui dois dragons slayers: o Dragão Branco Sting, e o Dragão das Sombras Rogue. Gildarts é indicado para ser o novo mestre da Fairy Tail, mas este recusa e vai embora deixando uma carta dizendo que iria voltar. A Fairy Tail decide então participar do Torneio Mágico, que decide qual guilda é a mais forte, em três meses. Aparece um time contra guildas das trevas formado por Ultear, Meldy e Jellal que querem investigar o torneio e ajudam a Fairy Tail. São cinco dias de torneio e somente 8 guildas foram pré selecionadas. Os dois times da Fairy Tail, Blue Pegasus, Lamia Scale, Sabertooth, Mermaid Heel, Quatro Cerberus e Raven Tail, antiga guilda das sombras cujo mestre é o filho de Makarov, pai de Laxus, Ivan. Cada dia tem um tipo de competição entre as oito guildas e quatro batalhas que ocorrem entre duas equipes. No Torneio há uma Maga Estelar chamada Yukino, o que interessa os organizadores do Torneio que parecem ter um interesse em Lucy. Graças a vergonha de ter perdido no segundo dia, Yukino é expulssa da guilda e humilhada. Milliana volta e se revela ser da Mermaid Hell para Erza e diz que Kagura e ela querem matar Jellal. Natsu tenta vingar Yukino e invade a sede da Sabertooth, desafiando Jiemma,mestre da Sabertooth,que faz pouco de Natsu e manda um subordinado lutar com ele e é rapidamente derrotado porém a luta é interrompida por Minerva que tinha Happy de refém e ameaça Natsu que vai embora com Happy. Laxus batalha contra seu pai, que covardemente luta com seus quatro ajudantes. Mesmo assim, Laxus ganha a luta mostrando para todos a sujeira da Raven tail que é eliminada. Wendy luta contra Cheila, a God Slayer do Ar. A luta acaba em empate. O conselho vai atras de Mystogan e tiram sua mascara. O conselho começa a investigar a Fairy Tail. Jellal sente uma energia muito forte e pensa ser Zeref, o motivo que o levou a investigar os jogos junto com Ultear. No quarto dia a partida é vencida por Minerva, que substitui Yukino, ela espanca Lucy na partida causando um choque entre Fairy Tail e Sabertooth. Fairy Tail A e B tem que se juntar já que Raven tail foi eliminada.A nova equipe é formada por Natsu, Gray, Erza, Laxus e Gajeel.Apos esse incidente o time Fairy tail enfrenta uma batalha de duplas no 4° dia,na qual a dupla escolhida é Natsu e Gajeel Vs Sting e Rogue onde mesmo a dupla de Dragon slayers da sabertoth usando o dragon force foi derrotada por Natsu que descartou seu parceiro no meio da batalha, o que resultou numa descoberta de Gajeel sobre um "cemitério de dragões" embaixo do palácio.Tal descoberta leva a acreditar que o mago negro Zeref esta por tras de tudo.

Em ultimas palavras, devem criar o vosso personagem e começar a tua saga, treinando novas técnicas e atributos, combater contra outros players em combates PvP ou torneios e pouco a pouco evoluir o teu rank para ter acesso a novas armas e novas habilidades.

Espero que gostem do fórum e lembrem-se que o mais importante é divertirem-se e criar novas amizades neste forum deste anime espectacular. Abraço a todos e muito bem-vindos


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo Mensagem [Página 1 de 1]

1 Memories Of Nobody(Kirito) em Qua Dez 19, 2012 6:23 pm

Convidado



Não conseguia lembrar muito de meu passado, algumas vagas lembranças, como o dia que eu nasci, passavam pela minha cabeça. Eu não conseguia identificar o rostos da minha familia, apenas suas vozes. De minha mãe era calma e tranquila, de meu pai, era séria, porém mprotetora. Típica de uma família como qualquer outra. Porém, todos os meus sonhos tinham um fim trágico, e esse não era diferente. Enquanto meus pais me abraçavam, um ser encapusado entrava pela janela de casa. Papai e mamãe tomavam um leve susto e pegavam uma vassora cada. Parecia que ambos estavam assustados. Mamãe me segurava pelo braço e me puchava para o quarto. Enquanto subia pelas escadas, pude ver uma cena horrível: Meu pai era esfaqueado por duas grandes garras demoniacas. Com um grunhido alto e agudo, eu parava de escutar sua voz. Mamãe chorava, parecia que ela sabia oque estava acontecendo, porém, só queria me proteger, a todo custo. Ela me mandava ir para debaixo da cama e então, pegava uma Katana Japonesa que estava dentro do armário. Dava para escutar alguns passos, alguem estava subindo a escada. Mamãe se preparava para a coisa que estava prestes a abrir a porta. Derrepente, uma forte luz ofuscava todo oquarto e eu acordava.

Bem, não me apresentei, eu sou Kirito, tenho 16 anos e estou aqui para contar a minha história. Continuando a história, após aquele terrível pesadelo, eu acordava. Estava assustado, meus cabelos negros estavam totalmente bagunçados, pareciam um grande ninho de pássaros. Eu piscava algumas vezes e bocejava, queria voltar a dormir, porém, tinha medo de voltar a ter aqueles pesadelos. Era frequente e mesmo conhecendo o pesadelo, parecia que eu gostava de ficar nele. Após levantar da cama e a arrumar, eu abria a janela. Eu morava em um pequeno apartamento de frente para o mar de Magnolia, a pelomenos 2 kilômetros da base da Fairy tail. Guilda que eu desejava muito entrar, porém, ainda não era forte o suficiente para tal. O Aluguel do meu apartamento era pago pelos meus pais, um casal bilionário que ganhava dinheiro com uma grande e conhecida empresa de bancos para Magos. Tal empresa era visitada em todo o mundo e por isso, a fortuna deles era meio que “ilimitada”. Ao fazer 13 anos, eu não aguentava mas ser depêndente dos outros, e por isso, eu fugi de casa. Após isso, meu pai “adotivo” mandou vários e vários investigadores para tentar me achar e me convencer a voltar para casa, sem sucesso, ele fez um trato comigo, iria me deixar viver em paz, com tanto que eu permitisse que o mesmo pagasse todas as minhas dívidas. Sem muitas opções, eu acabei aceitando aquela proposta. Desde então, havia se passado dois anos, dois anos que eu não voltava para casa, dois anos que eu não via minha familia e dois anos que eu havia parado de ter pesadelos. Eu não conseguia ver significado em tal coisa, aqueles em minhas visões não eram meus pais adotivos, então porque os pesadelos haviam parado?. Eu não sabia, mas faria tudo para descobrir.

Após me levantar, tomar banho, tomar café e me arrumar, finalmente eu saia de casa. O tempo estava ensolarado, algumas crianças brincavam de pique-pega no centra park de magnolia. Alguns aldeões compravam suprimentos para sua casa e de vez enquando, dava para se ver ladrões roubando as vendas. Tudo normal, essa era a Magnolia de todos os outros dias. Enfim, naquele dia, eu estava descidido a descobrir todos os mistérios por trás do meu passado. Mesmo que para tal, eu tivesse que pagar um preço.

Depois de andar alguns kilômetros, finalmente consegui chegar até o porto de Magnolia. Lá, segui até a loja do porto, onde comprei um Ticket para uma certa Ilha ao sul da cidade. Era aonde meus pais adotivos moravam, e eu estava determinado a descobrir a verdade sobre o meu passado, com eles.

Algumas horas haviam se passado após a entrada do navio. Era um grande navio, feito de madeira com velas azuis. Deveria pesar mais de 100 toneladas. Enquanto navegavamos, pude notar alguns peixes e golfinhos que pulavam para fora D'agua, os desenhos de nuvens, que mas pareciam dragões que voavam sobre o céu. Tudo aquilo me intrigava, cada um tinha seu próprio lugar no mundo, infelizmente, eu não tinha o meu. Não sabia quem eu era e nem de onde eu havia vindo.

Finalmente, haviamos chegado em terra firme, junto comigo, um grupo de turistas desembarcaram do Navio. Segundo o líder deles, os mesmos iriam para a região leste da ilha, onde havia museus e homens de pedra de 10 metros de altura. Por outro lado, eu iria para a parte norte da ilha, onde estava a casa de meus pais adotivos e sua praia particular. Enquanto andava, pude notar que o lugar havia mudado muito, enquanto antes a grama estava totalmente verde, agora estava mais amarelada, as árvores estavam morrendo e o local tinha uma aura um tanto quanto maligna, aquilo me incomodava um pouco. Após andar por um longo e sinuoso caminho, eu cheguei na mansão Lockhart.

Devo confesar que me assustei, mesmo que a casa não tivesse mudado nada, era incrivelmente grande, as janelas, tinham quase 2 metros de altura. A casa tinha mais de 30, era de um azul marinho extremamente brilhante, as vezes, lembrava o oceano profundo. Havia uma piscina enorme atrás da casa, com churrasqueira e tudo mais. Após adentrar na casa, fui surpreendido por dois seguranças que rapidamente me seguraram. Eram extremamente forte e rápidos, me surpreenderam e me seguraram rapidamente. Logo, um deles pegou um pequeno rádio e chamou os donos da casa. Fiquei parado ali por alguns minutos, preso pelos dois seguranças. Finalmente, o SR. e a SRa Lockhart chegaram. Me olharam de cima-embaixo e logo abriram um grande sorriso. Mandaram os seguranças me largarem e contra a minha vontade, me deram um abraço forte. Então, ambos me levaram para dentro de casa.

Mamãe rapidamente chamou uma cozinheira e a mandou fazer alguma coisa para min, mesmo eu sendo contra tal coisa, a cozinheira abaixou a cabeça e foi para a cozinha. Então, eu me virei para minha mãe. Contei para a mesma, tudo que havia acontecido, meus pesadelos, minhas conclusões e o meu passado. Ela parecia nervosa, estava escondendo alguma coisa de min e eu deveria descobrir oque era. Enquanto conversavamnos, meu pai chegou na sala. Ao contrário de minha mãe, ele era sério e meio que me odiava, deveria ser idéia de minha mãe, o fato dele pagar minhas dívidas. Porém, como um modo de desculpas, eu abaixava a cabeça. Foram vários e vários minutos de reclamações, ele me dizia que eu era um adolescênte irresponsável e brincalhão e que um dia, eu teria que pagar por meus atrevimentos. Mamãe empurrava-o contra a parede de leve e pedia em silêncio, para que o mesmo parasse. Ele assentia.

Finalmente, eu havia terminado de contar a história a meu pai. Ao contrário de minha mãe, ele de certa forma, sabia oque eu procurava, porém, não queria me dar as respostas. Aquilo me intrigava. Oque ele estaria escondendo?. Seria alguma coisa grave sobre o meu passado?. Eu teria que descobrir e aquela era minha ultima oportunidade. Sem pensar, eu começava a fazer perguntas para ele : Quem eu sou? De onde eu vim? Quem são meus verdadeiros pais? Oque aconteceu com eles? Qual é o meu verdadeiro nome?. A cada pergunta minha. ele gaguejava, parecia que fazia força para não me contar a verdade. Então aconteceu.

Enquanto conversavamos, um barulho podia ser escutado do lado de fora. Eu me assutava e logo mandava meus pais subirem. Eles corriam para o segundo andar da casa. Enquanto subia, pude ver uma lágrima de minha mãe, caindo no chão. Ela sabia oque estava acontecendo, e eu não. Alguns homens de preto arrombavam a porta, eu me preparava para o combate. Eram cinco contra apenas um, e eu não era bom em lutas, nem mesmo havia lutado alguma vez em minha vida, fora o fato de não saber nenhum tipo de magia. O primeiro homem usava magia de gelo, com uma espécie de simbolo com as mãos, ele criava gelo apartir do solo abaixo de min, em questão de instantes, eu estava completamente congelado, tendo somente a cabeça de fora. Então, o segundo homem chegou perto de min. Ele deu uma risadinha e me entregou uma espécie de papel. Então, os outros homens saiam da casa. Em apenas alguns minutos, aquele gelo havia virado agua e eu estava livre outra vez. Sem esperar muito, desenrolava o papel em minha mão e começava a ler:
- Eu tenho quase certeza que você não sabe, mas vou te dizer mesmo assim : Seus pais estam mortos. Eu mesmo os matei. Enquanto a você, quando tinha apenas treze anos, teve algumas lácrimas com o poder do dragão dos raios implantado em seu corpo. Com medo de que você conta-se isso para alguem, seus "pais adotivos" jogaram você 10 metros no chão, com isso, você perdeu sua memória. Eles te contaram uma histórinha clichê sobre ser adotado de um orfanato, porém isso é mentira, eu fui o homem contratado por eles, para te matar. Quer saber o motivo? Simples, eles são dois cientistas completamente loucos, que faziam experiências humanas utilizando lácrimas. E você, foi a unica cobáia que obteve sucesso na experiência e não morreu. Parabéns por isso e agora, tenha uma péssima vida com a morte de seus pais em sua mente. Após ouvir aquela mensagem, eu estava furioso. Minha vontade era a de matar aqueles dois, aqueles que diziam serem meus pais e haviam matado minha verdadeira familia. Eu queria fazer eles pagarem, e faria qualquer coisa para fazer isso. Sem notar, meu corpo começava a soltar algumas faiscas. Meu corpo era totalmente coberto por uma aura amarelada. Meus olhos começavam a ficar finos como o de um dragão e minha raiva só aumentava. Derrepente, uma grande explosão aconteceu. Toda aquela casa foi pelos ares.

Cinco segundos haviam se passado, após a explosão, uma grande fumaça cobria toda aquela área. Minha raiva havia ido embora, infelizmente, com um alto custo. Toda a casa fora destruida, após a poeira abaixar, uma grande cratera podia ser vista. Este, seria o novo "centro das atenções" daquela vila. Ao recobrar meus sentidos, algo terrível me ocorreu, e meus pais, sim, os adotivos. Apesar das barbaridades que eles fizeram, não mereciam morrer, teria eu os matado?. Não sabia, porém teria que verificar. Com isso, eu começava a levantar os escombros e vasculhar cada entulho de casa por ali. Após vários minutos procurando, eu não havia encontrado nada, nenhum cadáver se quer. Talvez, eu tivesse sorte e eles teriam fugido antes da explosão, ou talvez não, eles poderiam ter sido completamente dizimados desse mundo com aquela explosão. Isso seria algo que eu teria que descobrir, um dia, não hoje.

Minha vida estava de cabeça para baixo, eu não sabia oque fazer ou como fazer, não tinha um lugar para ir nem nada do tipo. Pela primeira vez em toda a minha vida, eu estava sozinho, literalmente, como eu queria desde pequeno. Para o meu azar, não era do modo que eu imaginava. Sem opções, eu partia de volta para o porto da Ilha.

Ao chegar lá, eu pude notar meu estado físico. Minhas roupas estavam chamuscadas e meu cabelo, bagunçado, do mesmo modo que eu tinha acordado nessa manhã. As pessoas olhavam para min de um modo "torto", deveriam estar se perguntando oque havia acontecido comigo. Engraçado, eles não iriram acreditar se eu contasse toda a verdade. Após um tempo esperando no porto, finalmente o barco chegou e eu pude entrar.

Foi ai que tudo de errado, enquanto estavamos dentro do navio, fomos surpreendidos por uma tripulação de magos pirata. Eles renderam toda a tripulação e nos ameaçaram, dizendo que iriam nos matar caso não entregassemos todo o nosso dinheiro. Eu sabia que não podia deixar que eles saissem impune dessa, eu deveria fazer algo, foi ae que eu fiz a maior burrice de toda a minha vida, os ataquei. Havia um total de 3 piratas magos, um deles tentou me segurar, porém, eu facilmente desviei, por ele ser gordo e lento de mais. Ele apontou para min e os outros dois puxaram suas espadas. Ambos correram em minha direção e tentaram fincar suas espadas em meu peito. Eu me abaixei rapidamente e tentei dar uma banda em ambos, para minha sorte, havia aprendido alguns golpes de luta durante as aulas práticas de meus pais. Enquanto os dois piratas caiam, pude pegar a espada de ambos e mudar o curso daquela luta. Desarmados, os dois piratas tentaram me atacar utilizando uma espécie de magia de luz, lançando rajadas de luz contra min. Sem alternativa, eu me joguei para o lado a tempo o suficiente de ver uma grande explosão no local de onde eu estava. O Pirata gordo já estava se recuperando, eu poderia morrer se enfrenta-se os três juntos. Foi ae que eu tive uma idéia. Parti para cima dos dois magos com magias de luz. Ele atiraram em min diversas vezes, todas, eles erravam, não pareciam ser magos poderosos, porém, poderiam me matar. Ao chegar perto dos dois piratas, eu desferi uma dezena de cortes na barriga do homem. Não eram profundos, isso porque eu não estava afim de matar aqueles cara. Após derrubar o primeiro pirata, o segundo me surpreendeu. Me lançou dezenas, se não centenas de rajadas de luz na direção de minha barriga. Aquilo fora tão forte, que me jogou para fora do navio. Minha ultima lembrança fora de uma luz dentro da agua.

Após horas e horas flutuando pela agua, finalmente eu cheguei a uma praia. Eu estava cançado, meu corpo doia muito, principalmente minha barriga. Eu estava tão cançado, que não conseguia nem mesmo me levantar. Derrepente, uma garota de cabelos loiros chegava na praia. Ela me olhava assustada e corria em mihna direção, me segurava pelo braço e me levava até uma cabana de madeira. Lá a garota me deitava em uma cama. Eu estava tão cançado que desmaiei.

Finalmente, eu acordei. Estava um pouco melhor que antes, me levantei e notei que estava com ataduras por todo o corpo, principalmente na barriga. Caminhei até a porta e a abri. Estava em uma praia, ao Sudeste de Magnolia, uma região não muito visitada pelas pessoas. Enquanto caminhava pela praia, avistei a garota que havia me socorrido no dia anteriror. Caminhei com um pouco de dificuldade até a garota e me apresentei, ela fez o mesmo e logo começamos a conversar. Segundo ela, eu havia aparecido na praia a 5 dias atrás. Ela também me contou de um navio a 2 kilômetros dali, que estava sendo mantido refém de piratas. Aquele navio era o que eu havia caido a alguns dias atrás. Perguntava para ela se meu corpo estava melhor e ela acenava a cabeça, positivamente. Então, eu caminhava até a borda da praia. A garota me chamava e dizia que tinha uma magia, com o qual ela podia descobrir tudo sobre min. Ela também dizia que sabia sobre a minha magia oculta e também, que poderia me ensinar a domina-la. Com isso, eu a segui até uma certa area na cidade.

Era um galpão abandonado, com grande espaço para cargas. Era um bom lugar para se treinar. Após chegar lá, ela me deu uma pequena explicação sobre as magias de eletricidade. Foi ai que eu comecei meu treinamento. Comecei por me concentrar na palma da mão, então, começava a remecher minha energia na mão, até que em algumas tentativas, algumas faiscas saiam de minha mão. Continuava a tentar e logo, um arco elétrico podia ser feito em minha mão. Ela me contava, que a magia elétrica podia ser usada de diversas maneiras, tanto para ataque quanto para defesa. Ela pedia para que eu encostasse em uma parede e transmitisse minha energia sobre ela. Eu fazia isso e logo, a parede começava a ruir, isso porque eu estava criando descargas elétricas potentes por dentro da parede. Eu parava por um tempo e respirava, a magia de Dragon slayer era potente, porém cançava rápido.No fim do treino, a garota me levou até sua cabana. Lá, eu agradeci a mesma e parti, pegando uma pequena canoa que estava parada no porto. Com isso, eu segui até o navio.

A viagem fora a mais longa de minha vida, a canoa era lenta e demorava muito para navegar. Seria melhor eu ter pego um navio. Porém, seria nescessário mais de uma pessoa para o utilizar. Tornando mais prático, o uso da canoa. Após um longo tempo navegando, finalmente eu pude chegar ao navio. Ele estava parado, dava para escutar o barulho de algumas crianças chorando e as risadas dos piratas. Aquilo me deixava furioso, de algum modo, eu faria aqueles homens pagarem. Então, eu desci na escada do navio. Subi vários e vários degraus, até chegar ao vagão de passageiros do Navio. Por sorte, os Piratas estavam virados para trás. Pude subir e me esgueirar até um monte de capim. Ali, fiquei escondido por algum tempo, esperando o momento certo para atacar. Finalmente, o pirata gordo saiu dali. Era minha chance de atacar, então, o fiz. Corri na direção do pirata mais distraido e o acertei, com um chute na altura da coluna. O Pirata caiu no chão e rolou uns 2 metros. O outro olhou para min com os olhos arregalados e puxou sua espada, era estranho ele estar com uma espada, eu havia pegado a dele na ultima vez. Então, dava um pequeno sorriso e segurava o cabo da espada dele, impedindo que o mesmo a tirasse da bainha. Ele fazia força, porém, eu transmitia minha energia elétrica para seu braço e o dava um forte choque elétrico, o fazendo desmaiar. O outro pirata se levantava, estava atordoado, porém não parecia ser tão grave. Ele corria em minha direção e conseguia me acertar um soco na barriga, ele estava mais rapido que da ultima vez. Se preparava e me lançava uma rajada de luz. Instintivamente, eu corria em sua direção e girava para o lado. A Rajada passava zunindo sobre o meu ouvido e atingia uma pilastra gigante, fazendo-a cair. Eu aproveitava a distração e encostava na cabeça do pirata, dando um fraco choque em sua cabeça, suficiente para o desmaiar.

Aqueles dois piratas já estavam fora de circulação, faltava apenas o ultimo. Enquanto ele não chegava, aproveitei e liberei todos as pessoas presas no Barco. Elas aproveitavam tal coisa e desciam as escadas e fugiam em Canoas. Agora, estava sob conta delas, eu já havia feito minha parte. Enquanto liberava o ultimo homem preso, pude notar uma sombra atrás de min. Sem tempo para imaginar oque era, eu me joguei para o lado. A Barriga do homem gordo se chocou contra o chão, onde outrora eu estava. Ele era grande e pesado, destruiu a madeira do chão onde eu estava. Eu deveria manter certa distãncia ou acabaria esmagado pela aquela barriga enorme. Então eu me preparava. O Homem gritava seu próprio nome em voz alta e apontava seus dez dedos para min, de cada um deles, uma rajada elétrica saia e vinha em minha direção. Eu estava com sorte, o homem era um mago elétrico. Quando os raios chegaram perto de min, eu simplesmente os absorvi, literalmente os engoli. Senti minhas forças voltando ao máximo, eu estava mais forte que de nunca. Em um rápido movimento, eu corri para trás do homem, ele tentou me acertar porém era extremamente lento, aproveitando dessa fraqueza, eu o atingia com uma forte descarga elétrica na cabeça, desmaiando-o.

Finalmente, tudo havia acabado. Os piratas haviam sido derrotas e agora, a policia já estava prendendo-os. Provavelmente, seriam julgados pelo Conselho e penalizados. Os Reféns estavam a salvo e me agradeciam várias e várias vezes. Eu havia voltado para Magnolia e agora, seguia em rumo a Fairy Tail, guilda que eu queria muito entrar, e agora, eu tinha o poder nescessário para tal.

2 Re: Memories Of Nobody(Kirito) em Qui Dez 20, 2012 4:30 pm


Narração muito interessante Wink Teste aceite, podes actualizar a tua ficha



Ver perfil do usuário http://fairytail-xtreme.ativoforum.com


Lucy


Olá, bem vindo ao Fórum Fairy Tail X-Treme
Um Bom Mago deve ter em atenção os seguintes Detalhes
Respeite as regras
Faça sua ficha em Fichas de Magos
Não pratique o Flood, Eu Detesto Vadalismo
Não peça suporte por MP
Tire Suas Duvidas No Nosso Atendimento


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum