"Bem-vindo"
A série de Fairy Tail gira em torno das aventuras dos personagens centrais: Natsu Dragneel, Lucy Heartfilia, Gray Fullbuster , Erza Scarlet, Happy e recentemente tendo Juvia Lockser, Gajeel Redfox e depois Wendy Marvell e os exceeds Charlie e Phanterlily como coadjuvantes. Lucy Heartfilia é uma jovem maga de 17 anos que deseja evoluir e tornar-se uma grande maga. Para isso, ela terá que entrar em uma guilda de magos, para ganhar dinheiro, sobreviver e também aprimorar suas habilidades. Ela chega até a cidade de Hargeon, onde Natsu Dragneel e Happy desembarcam para procurar Igneel, o dragão que criou Natsu como se fosse um filho, e que um dia, repentinamente, sumiu. Lucy, encontra Natsu e Happy ocasionalmente, após envolverem-se com o perigoso criminoso Bora que tenta transformar Lucy em sua escrava. Após salvar a maga, Natsu, que é integrante de uma das mais famosas guildas, a Fairy Tail, convida a garota a juntar-se a guilda. Assim, Lucy ingressa na Fairy Tail, onde começa a viver todo tipo de missão perigosa junto com Natsu e Happy. A história se passa em um universo conhecido como Mundo Mágico, uma terra onde a magia é usada em larga escala e os magos gozam de um alto status. Para organizar e facilitar a vida dos magos, surgem as guildas, organizações controladas pelo Conselho que, por sua vez, é controlado pelo Governo. Uma guilda funciona como uma "agência de empregos temporários": um cliente encomenda um serviço, um mago (sozinho ou em equipes) aceita a tarefa e caso seja completado com sucesso, há uma recompensa que varia de acordo com a periculosidade e grau de dificuldade da "missão". Contudo, assim como existem guildas "pacíficas" como a Fairy Tail, também existem guildas das "trevas", de mercenários, com fins e objetivos obscuros.

Atual Saga do mangá. Depois de 7 Anos, a Fairy Tail esta na última posição no ranking das Guildas, e atualmente a número 1 é a SaberTooth, que possui dois dragons slayers: o Dragão Branco Sting, e o Dragão das Sombras Rogue. Gildarts é indicado para ser o novo mestre da Fairy Tail, mas este recusa e vai embora deixando uma carta dizendo que iria voltar. A Fairy Tail decide então participar do Torneio Mágico, que decide qual guilda é a mais forte, em três meses. Aparece um time contra guildas das trevas formado por Ultear, Meldy e Jellal que querem investigar o torneio e ajudam a Fairy Tail. São cinco dias de torneio e somente 8 guildas foram pré selecionadas. Os dois times da Fairy Tail, Blue Pegasus, Lamia Scale, Sabertooth, Mermaid Heel, Quatro Cerberus e Raven Tail, antiga guilda das sombras cujo mestre é o filho de Makarov, pai de Laxus, Ivan. Cada dia tem um tipo de competição entre as oito guildas e quatro batalhas que ocorrem entre duas equipes. No Torneio há uma Maga Estelar chamada Yukino, o que interessa os organizadores do Torneio que parecem ter um interesse em Lucy. Graças a vergonha de ter perdido no segundo dia, Yukino é expulssa da guilda e humilhada. Milliana volta e se revela ser da Mermaid Hell para Erza e diz que Kagura e ela querem matar Jellal. Natsu tenta vingar Yukino e invade a sede da Sabertooth, desafiando Jiemma,mestre da Sabertooth,que faz pouco de Natsu e manda um subordinado lutar com ele e é rapidamente derrotado porém a luta é interrompida por Minerva que tinha Happy de refém e ameaça Natsu que vai embora com Happy. Laxus batalha contra seu pai, que covardemente luta com seus quatro ajudantes. Mesmo assim, Laxus ganha a luta mostrando para todos a sujeira da Raven tail que é eliminada. Wendy luta contra Cheila, a God Slayer do Ar. A luta acaba em empate. O conselho vai atras de Mystogan e tiram sua mascara. O conselho começa a investigar a Fairy Tail. Jellal sente uma energia muito forte e pensa ser Zeref, o motivo que o levou a investigar os jogos junto com Ultear. No quarto dia a partida é vencida por Minerva, que substitui Yukino, ela espanca Lucy na partida causando um choque entre Fairy Tail e Sabertooth. Fairy Tail A e B tem que se juntar já que Raven tail foi eliminada.A nova equipe é formada por Natsu, Gray, Erza, Laxus e Gajeel.Apos esse incidente o time Fairy tail enfrenta uma batalha de duplas no 4° dia,na qual a dupla escolhida é Natsu e Gajeel Vs Sting e Rogue onde mesmo a dupla de Dragon slayers da sabertoth usando o dragon force foi derrotada por Natsu que descartou seu parceiro no meio da batalha, o que resultou numa descoberta de Gajeel sobre um "cemitério de dragões" embaixo do palácio.Tal descoberta leva a acreditar que o mago negro Zeref esta por tras de tudo.

Em ultimas palavras, devem criar o vosso personagem e começar a tua saga, treinando novas técnicas e atributos, combater contra outros players em combates PvP ou torneios e pouco a pouco evoluir o teu rank para ter acesso a novas armas e novas habilidades.

Espero que gostem do fórum e lembrem-se que o mais importante é divertirem-se e criar novas amizades neste forum deste anime espectacular. Abraço a todos e muito bem-vindos


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo Mensagem [Página 1 de 1]

1 Luuk, o aprendiz de Deus em Sab Jan 26, 2013 9:26 pm





http://t2.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQ47lQDocX-fnskFqjqtWfN_cZdqJ2MG6WU_niLre0IIz9_4aO_X-yQx6J0 " style="width: 250px;height: 200px" alt="" />

Prólogo
Há 16 anos atrás nasce apenas mais uma pessoa neste mundo, um simples bebê filho de Kurt e Annabeth, um milionário casal morador de Magnólia. Mesmo não parecendo, este garoto havia um grande futuro pela frente.
Todos devem imaginar como é a vida de uma pessoa sem poder sair de casa, ficando preso lá 24 horas por dia, sete dias por semana. Não ter amigos, não ter ninguém para poder nem mesmo conversar. Seus pais eram sempre compromissados e nunca ficavam em casa, viagem de um lugar para o outro, isto fez a infância daquele menino uma desgraça. Mas ela não foi inteira assim, apenas um acontecimento fez ela se mudar por inteira.


O assassinato
Beirando seus 8 anos o garoto já era muito inteligente e sabia fazer várias coisas, ficando preso dentro de sua casa as melhores coisas que ele podia fazer eram ler e ouvir uma boa música, nada mais nada menos. Era excelente em computação e seu raciocínio era inigualável, não se encontrava igual.
Era uma noite sombria aquele dia, seus pais haviam saído de casa logo depois que chegaram de uma outra viagem, partindo para uma cidade quase do outro lado de Fiore, apenas a negócio. A lua estava cheia e escondida pelas nuvens que cobriam o céu, nem um sinal das brilhantes estrelas que ficavam sobre o céu de Fiore. A viagem estava indo calma, mas até mesmo calma demais. Um grupo enorme de magos cercaram o trem particular que estava levando o casal para o ponto de encontro, todos querendo uma única coisa, o dinheiro inteiro que aquela família possuía. Sempre andavam cheios de dinheiro, pedras preciosas em suas roupas, era o que aquele grupo queria. O negócio foi muito bem elaborado, antes mesmo de se revelarem logo a frente haviam tirado totalmente os trilhos de um longo caminho, isto fez o motorista e o casal entrar em desespero total, aquele trem não iria simplesmente continuar andando seus os trilhos. Após ter contato com o solo, capotava algumas vezes e mesmo assim ficava pouco amassado, era muito resistente também pelo fato de ser um trem blindado. Aquilo já tinha facilitado muito o grupo de assassinos, mas ainda todos estavam vivos, e não iriam dar o dinheiro facilmente. A única pessoa que havia conseguido escapar dali foi o motorista, que não era de nenhum uso para aquelas pessoas.

- Se quiserem nossas coisas, terão que pegar! – gritava Kurt em uma voz alta, na frente de Annabeth

Annabeth não era nada mais que uma simples humana sem nenhuma habilidade mágica, mas algo que poucas pessoas sabiam era que Kurt havia sido o mago de uma enorme guilda negra, antes de se casar e ter seu primeiro e único filho, Lukas W. Hawk. Sempre havia sido rejeitado nas guildas oficiais por ser uma pessoa muito bagunceira e que não levava nada a sério, até mesmo sem verem totalmente seu potencial em batalhas, que era excepcional, restando apenas as guildas negras para lhe aceitarem. Era filho de uma pobre família e então o dinheiro que conseguia com as missões era apenas para sustentar sua família, e mesmo pelo fato de sua guilda ser negra nunca sequer matou alguma pessoa fazendo missões.

Annabeth chorava profundamente, ela mesma sabia que Kurt não aguentaria todo aquele grupo até mesmo com toda sua habilidade, o grupo atingia cerca de 12 magos, e com aparência de serem profissionais do que faziam, mas ele que sempre tinha sido um guerreiro não iria largar tudo agora, a sua vida estava em jogo e ia lutar por ela, ou nem que ao menos conseguisse deixar sua esposa salva.

- Fuja, rápido! – gritava Kurt com seus olhos escorrendo, enquanto apontava para uma direção

- Não, eu não irei... – era a negação de Annabeth que estava ajoelhada pouco atrás de Kurt

Ligeiramente um do grupo que estava atrás de Kurt também atirava mirando em suas costas, ele não estava tão atento quanto parecia, há anos não utilizava seus poderes. Vendo aquela cena, Annabeth rapidamente se levantava e ficava na frente do tiro, que o acertava e deixava ela rapidamente caia sobre o chão. Uma raiva enorme surgia do interior de Kurt, pedras começavam a se levantar do chão do nada, alguma coisa negra começava se formar em volta de Kurt e Annabeth.
O grupo inteiro ficava chocado, acho que o fato de Kurt ter escondido sua magia por anos após ter se casado era, pelo fato de ele ser o aprendiz de um Deus. Poucos sabiam, mas Kurt era adotado, após atingir uma alta idade de sua adolescência aquele seu mestre o deixou viver sua vida sozinho, sem ninguém para atrapalhar.
A batalha já estava longa e durando até mesmo horas, todos aqueles magos possuíam seu nível o equivalente para se tornar ótimos magos rank A, B no mínimo. Foi algo bem emocionante, sangrenta, Kurt provavelmente nunca havia matado uma se quer pessoas, e até certo momento ele já havia simplesmente matado 8 magos, mas daquilo não passaria. Dois magos conseguiram ter um contato físico com ele e, rapidamente colocaram espadas em seu pulmão.

Kurt que estava a flutuar no ar caia bem ao lado de Annabeth, com as forças restantes de ambos algumas palavras ainda eram ditas uma para o outro, aquele era o trágico fim de um casal, mortos apenas pelo interesse de jewels e tudo de valor, deixando toda sua herança para seu filho.


Eu não quero essa vida!
Era aproximadamente 8h00 da manhã e o garoto acordava com o barulho de conversas vindo do 1º andar. Aquelas conversas eram altas o suficiente para serem ouvidas de longe. Ao levantar rapidamente botava uma roupa qualquer, e então olhava para a janela para ver como estava o clima, mas algo inesperado era visto. Vários repórteres com câmeras apontadas para a mansão estavam lá na frente de seu portão, lá havia também algumas pessoas que observavam o local.

“Meus pais já chegaram e agora estão fazendo entrevista?!?” – perguntava o garoto a si mesmo indignado – “Atenção para mim de meus próprios pais não tem?”

Saia de seu quarto e então descia até o andar inferior, e algo que não esperava. Todos os empregados da casa reunidos, com caras sérias e conversando entre si, com um pouco de pânico em si. Ao verem a mim rapidamente disfarçaram e foram fazer alguma coisa, se espalhando. Não que eu não estava interessado, mas não estava ligando muito para isto. Rapidamente me dirigi ao jardim e então procurava o jardineiro, Harry.

- Olá Harry, bom dia.

Harry era o único empregado que eu gostava e que também confiava, diferente de muitos outros dali. Já era de uma idade bem avançada e foi aceito pedindo emprego na frente do portão de casa, com roupas rasgadas e com uma cara não muito boa, não tinha dinheiro algum e estava morto de fome, isto provavelmente o fez ter uma grande divida com meus pais, que o contrataram, deram moradia e várias outras coisas.

- Bom dia, meu pequeno garoto. – com nenhum ânimo, aquele não era o Harry que eu conhecia

Ele estava regando algumas flores apenas encontradas numa cidade até mesmo fora de Fiore, eram muito raras. Parecia se preocupar com alguma coisa e olhava para mim com muita seriedade.

- Por que não estava junto com os outros empregados, conversando? – com alguma suspeita

- Não, eu não quero ficar conversando sobre o acontecimento... – seu olhar era de dúvida – você está sabendo?

Vários pensamentos passaram a minha cabeça, empregados reunidos em uma séria conversa, repórteres gritando e reclamando no portão de casa, mas não estava preocupado.

- É, você não sabe. Uma hora ou outra precisará saber de qualquer maneira. É sobre seus pais, em sua viagem. Eles tiveram um acidente e... – sem coragem para terminar a sua frase

Começava a correr pro meu quarto, passando e ignorando qualquer um que estava a minha frente. Fui direto pro meu quarto e tranquei a porta, eu não conseguia parar de chorar.

“Agora que eles se foram, o que eu vou fazer? Eu não quero continuar aqui, eu não quero mas ter essa vida!” – alguns de seus vários pensamentos sobre aquilo

Procurava no meio de sua estante um papel e uma caneta, e então começava a escrever:

“Querido Harry, agora você cuidará de toda a herança da família Hawk, por mim. Não irá me encontrar, não adianta nem me procurar. Quem sabe um dia a gente se encontre por ai”.

Ficava o dia inteiro apenas trancado em meu quarto, comendo alguns chips e tranqueiras que podiam ser encontrados em meu armário escondidos, pelo fato dessas coisas serem proibidas pelos seus pais. Preparada uma mochila com algumas roupas e alguns alimentos, além de coisas como barraca. Após a noite surgir o garoto ligeiramente descia, evitando qualquer barulho e então saia da mansão onde morava. Sabia a localização de todas as câmeras, e sempre que estava perto de uma ia pelo seu ponto cego. Indo para perto do muro, empurrava um dos tijolos e rapidamente um quadrado que não havia nenhum tijolo surgia, uma entrada secreta criada por mim com as habilidades de engenharia adquiridas por livros.

“Adeus...” – com algumas lágrimas escorrendo, e seus olhos todos avermelhados


Encontrando-se com um Deus
Eu comecei vagar sem rumo para o norte se eu não me engano, não fazia noção por onde eu passaria. Já estava 3 dias caminhando, e a noite estava aparecendo, então eu teria que arranjar um lugar para passar a noite, e o lugar onde eu estava era uma floresta habitada por terríveis criaturas. De acordo comigo mesmo o lugar mais seguro seria uma alta montanha, então eu comecei a escalada. O vento era forte e eu não conseguia nem respirar direito, mas havia uma caverna lá em cima que eu queria chegar. Quando eu chegava, a noite já havia surgido e o sono também, então armava minha barraca e começava a dormir.

- Hey, você ai! O que faz por aqui?!? – um tom muito bravo

Levantava-me e via alguém com a imagem um pouco embaçada, então rapidamente esfregava meus olhos e começava a prestar atenção naquela pessoa, se ao menos ela fosse alguma.

- Q-quem é vo-você? – com muita dúvida

- Eu sou Gale, e você está em meu território.

Ele tinha aproximadamente 2,30m de altura, longos cabelos brancos e uma barba enorme. Como aquilo podia ser uma pessoa?

- Você é humano? – tentando ser mais calmo

- Eu sou um Deus, seu tolo!

- Haha, e eu sou Zeref! – com muita ironia

- Você me lembra alguém... – dizia movimentando sua mão para baixo

No mesmo momento em que movimentava sua mão para baixo algo me empurrava com muita força pro chão também.

- Está me machucando... – um pouco forçado

- Então agora me respeite, inútil. – então levantava sua mão

Eu começava a contar minha história detalhe por detalhe, até mesmo pelo motivo que eu fugi de casa.

- Filho do Kurt, não? Lembrava-me ele mesmo, aquele outro tolo.

- Como assim, já fez negócio com ele também? – lembrando de seu pai

[color=orange]- Ele foi meu aprendiz, até eu... O deixar.[/orange] – parecendo triste

- O deixou por quê?

- Ele precisava viver sua vida sem mim, eu apenas o ensinei tudo o que ele devia sobre os humanos e tudo mais, além de o transformar num excelente mago.

- Meu pai, usava magia? – assustado com aquilo

- Então ele esconde, não é? Bem, agora ele não está mas neste mundo, não me interessa!

- Não fale assim do meu pai!

Uma longa conversa começava a rolar por ali, e aquele tal Deus já estava decidido:

- Você será o sucessor da magia God Slayer!

Eu queria discordar daquilo e tudo mais, mas como? Eu não tinha pra onde ir, não conseguiria me manter vivo por mais algum tempo.


Despedida
Anos já haviam se passado desde que eu havia encontrado Gale, o treinamento para ser o sucessor da magia Sky God Slayer estava pronto para se aventurar por ai, livremente, sem ninguém para perturbá-lo, era a visão de Gale. O treino havia sido complicado e árduo, exigindo muita concentração e até mesmo força brusca. Andamos por vários lugares diferentes e nos climas mais extremos possíveis. Entre o treinamento estava a dominação de energia mágica, dominação do vento e como torná-lo o vento de um “Deus”.

Já estava noite e eu estava dormindo, a gente havia voltado novamente para aquela caverna onde nós nos encontramos, eu não sabia porque. Gale simplesmente chegou ao meu lado, se ajoelhou diante mim, e em voz baixa, falou as seguintes palavras:

- Viva sozinho, meu garoto. Não precisa de um velho o treinando mais! – o seu tom era totalmente desanimador

Eu havia acordado e ouvido suas palavras, e então já soube rapidamente que ele estava me abandonando. Levantei rapidamente, mas a única coisa que eu vi foi Gale desintegrando-se para um vento negro que começava a voar para longe, com um sorriso no rosto e uma lágrima em seus olhos.

- Você irá ouvir de mim... Serei o Luuk, o aprendiz de Deus! – antes mesmo de ele desaparecer

Após isto, prometi a mim mesmo que iria ser conhecido e reconhecido por toda Fiore, de um jeito ou de outro.

Ver perfil do usuário

2 Re: Luuk, o aprendiz de Deus em Sab Jan 26, 2013 9:37 pm


Aceito', parabéns, é o novo God Slayer Sky.

Ver perfil do usuário


Lucy


Olá, bem vindo ao Fórum Fairy Tail X-Treme
Um Bom Mago deve ter em atenção os seguintes Detalhes
Respeite as regras
Faça sua ficha em Fichas de Magos
Não pratique o Flood, Eu Detesto Vadalismo
Não peça suporte por MP
Tire Suas Duvidas No Nosso Atendimento


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum